Probióticos e prebióticos: o que são?

Atualizado: Mai 23

A palavra probiótico significa "para a vida", e é uma combinação das palavras gregas "pro", que significa "a favor de" e "biótikos", que significa "relativo à vida".


Segundo a definição da WHO/FAO de 2001 e 2002 entretanto atualizada pela ISAPP (International Scientific Association for Probiotics and Prebiotics) em 2014, Probióticos são "microrganismos vivos" os quais administrados em quantidade adequada, conferem efeitos benéficos em saúde no hospedeiro.

Estes microrganismos estão presentes em diversos alimentos naturalmente fermentados, que podes aprender a fazer em tua casa.

  1. Chucrute

  2. Água de kefir

  3. Tempeh

  4. Kombucha

  5. Kimchi

  6. Vegetais lacto fermentados

Os probióticos podem ajudar a sustentar as bactérias que vivem no intestino, especialmente quando a microbiota intestinal é desafiada por medicamentos, uma dieta desequilibrada, stress ou sono de má qualidade.

Os Prebióticos são fibras que servem de alimento aos probióticos (bactérias boas) e que favorecem a sua manutenção e proliferação no nosso intestino.


8 alimentos prebióticos:

  1. Alho

  2. Cebola

  3. Espargos

  4. Beterraba

  5. Tomate

  6. Banana

  7. Brócolos

  8. Alho-francês


Nota

A informação partilhada é estritamente informativa e não substitui o aconselhamento e a orientação por parte de profissionais de saúde.
Todos os benefícios de saúde associados ao consumo de alimentos fermentados e probióticos naturais, em especial no funcionamento do intestino variam de pessoa para pessoa. O consumo de alimentos fermentados deve estar associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis.


#trip4eat #afermentarialisboa #fermentacao #fermentar #fermentação#fermentados#fermentation#fermentacion